Todos sabem que vivemos tempos de crise, e nesses tempos administrar o próprio ganho se torna ainda mais difícil. Não seja mais fácil em qualquer outra época. Longe disso. Nesses momentos é comum apertarmos os cintos e tentarmos fazer milagre com o salário mínimo? Por isso reuni algumas dicas para você controlar melhor seu saldo e não ficar no vermelho.

Antes de tudo, crie um controle do seu orçamento. A maioria das pessoas entende por orçamento o quanto recebem no mês. Se você é desses, temos que mudar um pouco sua visão de negócio. Orçamento é o seu dinheiro incluindo as entradas e saídas do seguro desemprego. Todo gasto e ganho entram nisso. Para calcular isso, você deve listar todos os seus gastos essenciais (alimentação, aluguel, contas da casa, financiamentos). O restante disso é o saldo do seu orçamento disponível.

Saiba mais sobre o salário mínimo

Ainda evitando fazer dívidas, não compre produtos parcelados. Sei que pode parecer difícil, quase impossível. Mas suspenda suas compras no cartão ou parceladas em lojas. Somente compre aquilo que puder quitar totalmente o seguro desemprego. Novamente, será outro exercício de disciplina. Mas para ajudar, lembre-se do valor do salário mínimo. Nele já estão inclusas suas contas e aumentar mais uma irá gerar mais dor de cabeça e menos dinheiro.

Outra coisa muito importante nesse processo é criar uma poupança de emergência. Todo mês retire uma pequena parcela do seu salário mínimo e deposite no banco de sua preferência. A quantia a ser retirada vai depender de você, mas muitos especialistas recomendam retirar dez por cento. Se você puder retirar mais, ótimo. Essa poupança será sua garantia em casos de emergência como doenças, acidentes ou apenas caso queira chutar o balde e sair do emprego sem aviso prévio. Será sua segurança.

Evite se envolver em novas dívidas enquanto não quitar antigas. Por exemplo, só compre um novo móvel parcelado quando tiver terminado de pagar outro. Pode parecer obvio, mas muita gente acaba se envolvendo em mais dividas do que consegue pagar. Se quiser ir além, só se envolva em novas dividas quando terminar de pagar o salário mínimo. Isso será especialmente um exercício de disciplina.

Na hora de fazer qualquer compra, lembre-se de pesquisar os preços em outros estabelecimentos. Isso não se restringe a compras do mês. Pode e deve ser aplicado nas compras de roupas, calçados e tudo o mais. Se você estiver com preguiça de andar de loja em loja, existem aplicativos online que podem pesquisar isso.

Claro que mudar todos seus hábitos financeiros de uma hora para outra pode ser muito difícil, por isso você pode ir adotando novos hábitos aos poucos. As chances de você tentar mudar de repente e se frustrar são imensas. Por isso adote um habito a cada mês. E se recompense as vezes, de acordo com o saldo do seguro desemprego.

Depois de tanta disciplina você pode relaxar e se dar um prêmio. Por exemplo, quando conseguir organizar suas dividas compre algo para si mesmo ou invista em uma experiência que sempre quis ter, faça um curso ou qualquer outra coisa. Mas com cuidado para não se endividar de novo.

Leave a Reply