O Imposto de Renda Retido na Fonte trata-se da obrigação tributária que uma pessoa jurídica ou a ela equiparada é obrigada a reter em relação aos trabalhadores que ela emprega. Nesses casos quem tem a obrigação de recolher é o pagar em vez do beneficiário, e muitas pessoas possuem dúvidas as respeito do processo, mas a Receita traz uma série de informações e esclarecimentos a respeito.

Um detalhe muito importante para quem tem empresa ou é equiparado a mesma, portanto, é fundamental saber desses detalhes para ficar com tudo em dia e sem nenhuma pendência com a Receita. No site da Receita Federal é possível fazer a consulta de alíquotas e tabelas referentes a esse imposto de renda retido na fonte.

Essa declaração ocorre todos os anos e sempre usa o ano anterior como base, assim como funciona a declaração do imposto de renda normal. Inclusive, já está disponível o programa da Receita Federal para a declaração do Imposto de Renda 2020, baixe aqui…

Tabela para Imposto de Renda Retido na Fonte

A Receita Federal disponibiliza a tabela progressiva para cálculo mensal do imposto sobre a Renda da pessoa física, a mesma passa por atualização todos os anos e é importante consultar o documento correto.

Na imagem abaixo você tem a tabela do Imposto de Renda Retido na Fonte referente ao ano de 2020 que tem como ano base o de 2019, vejam os dados abaixo:

Para consultar por completo a tabela e todas as demais informações basta acessar o site da Receita que lá tem o conteúdo completo. Fundamental que você saiba todas as alíquotas e alterações, o que normalmente ocorre de ano em ano.

Acesse por esse link e obtenha informações referentes ao processo: www.receita.fazenda.gov.br. É muito importante acompanhar todos os detalhes e informações para que você saiba os dados corretamente, e no site da Receita tem todas as informações que você precisa saber.

Manual Imposto de Renda Retido na Fonte

Você pode consultar o manual do imposto de renda retido na fonte, é um documento muito importante para que você consiga efetuar o procedimento correto. Quem disponibiliza esse documento é a própria Receita, que mais uma vez procura ajudar os contribuintes. Acesse o manual através do site da Receita Federal, segue o link: www.receita.fazenda.gov.br

Acesse o manual, veja como funciona o procedimento, e tire todas as suas dúvidas a respeito do processo. É fundamental que você saiba todas as informações a respeito para fazer o procedimento correto a cerca disso.

Esses são os fundos de longo prazo e aplicações de renda fixa, em geral:

  • 22,5% para aplicações com prazo de até 180 dias;
  • 20,0% para aplicações com prazo de 181 até 360 dias;
  • 17,5% para aplicações com prazo de 361 até 720 dias;
  • 15,0% para aplicações com prazo acima de 720 dias.

Leave a Reply